Vidas Diferentes - Capítulo 14 - Planos

domingo, junho 01, 2014 | | |

Eu: Ah. É o Adam. Ele é o meu outro irmão - ela me olhou com uma cara estranha. Quando viajei para o Brasil, não havia contado sobre ele.


Molly: Como assim? Ele é meu irmão também? - eu ri.
Eu: Não, ele só meu irmão por causa do meu pai. Onde está a mãe e o Tyler?
Molly: Lá dentro! - sorriu. - Vem - foi até a porta e parou. - Vem Line também - ela e Aline entraram.
Adam: E eu? Não estou convidado? - disse irônico.
Eu: Ela nem te conhece direito, e com certeza é estranho pra uma menina de 8 anos você chegar e falar: "Olha eu tenho outro irmão, mas você não é irmã dele" - engrossei a voz. - Vamos entrar.

 Entramos e pude ouvir a Molly falando da cozinha "É sério, a Seunome tá aqui. Ela me deu esse ursinho". Instantes depois a vejo arrastando minha mãe e Tyler para a sala.

Tyler: Seunome? - estranhou.
Mãe: Filha, o que está fazendo aqui? - me abraçou.
Eu: Meu pai veio resolver uns negócios e eu aproveitei - ela olhou torto quando disse "pai", mas depois sorriu para mim. - Tyler - o abracei.
Tyler: Saudade de você, pequena - deu um beijo na minha testa.
Mãe: E você...? - referiu-se a Adam.
Adam: Oh. Eu sou Adam Sheeran - estendeu a mão aos dois. - Filho...
Eu: Filho da Karina, minha madrasta - o interrompi. Claro que seria muito desconfortável e MEGA tenso você falar "Oi, mãe. Lembra da traição do papai? Então, ele veio dela".
Mãe: Ah. Bem... Venham almoçar - todos foram para a cozinha.
Adam: Não quer que ela saiba?
Eu: Está bom do jeito que está.

 Terminamos o almoço e Molly pediu para mim ficar com ela lá fora. Queria saber com quem Adam tanto conversava por mensagem. Não que isso me interesse, mas ele dava algumas risadinhas e balançava a cabeça. Isso me deixava curiosa.

xX: Oi, Molly. Posso brincar também? - um menininho se aproximou.
Molly: Claro, Higor - os dois e Aline começaram a jogar uno.
Eu: Pera... - olhei bem para o garoto. - Higor não é um dos irmãos do...
xX: Henrique? - virei para o lado e Henrique me olhava sorrindo. - Oi, Seunome. Tudo bem com você? - eu, que estava sentada na grama, me levantei e o abracei.


Eu: Sim, e com você? Oh my God! - disse e ele riu.

 Henrique era meu amigo há muito tempo. Sempre andávamos juntos quando eu vinha para NY. Mas há uns anos ele se mudou para outra cidade do estado.

Henrique: Estou ótimo - riu e nos afastamos. - Me mudei de volta, não para a mesma casa, mas gostei de voltar. Senti saudades.
Eu: Eu também, mas tenho uma noticia. Não poderei vir toda vez com minha mãe e Tyler.
Henrique: Por quê?
Eu: Me mudei para Londres. Com o meu pai.
Henrique: Ahhhh... Você se reconciliou com ele?
Eu: Pois é. E ele ainda me fez uma "surpresinha" - apontei discretamente para Adam.
Henrique: Ele tinha um namorado para você? - zombou e nós rimos.
Eu: Rick, você continua o mesmo - ri. - Não. Deus me livre namorar ele - Adam começou a aprestar a atenção na conversa.
Adam: Está falando de mim, Miss Sunshine? - arqueou uma sobrancelha. Pois é, ele ainda me chama assim.
Eu: Ele é meu meio irmão - revirei os olhos. - Na minha vida em Londres, sou obrigada a atura-lo.
Henrique: Estou vendo que vocês se amam muito - riu.
Adam: Seunome, Seunome... Deixa o pai descolar que você está arrumando namoradinhos só para poder vir para cá - disse digitando no celular. Fiquei vermelha e olhei para Rick, que deu uma risada.
Eu: Desculpe, Molly - peguei o ursinho, que ela tinha deixado do seu lado, e bati com força na cabeça de Adam, que reclamou. Dei risada.

~Louis Pov~

 Segunda feira, estava sendo normal como qualquer outra. Estava na casa de Zayn, hoje eu e os meninos iríamos para uma balada, como sempre para curtir. Não vou sair "pegando geral", mas se divertir com os amigos é ótimo!

 Peguei meu celular, dei uma "checada" geral nas redes sociais, e Seunome tinha postado uma nova foto no instagram.


 Ela colocou na legenda: "Matando as saudades @RickHuller". E o garoto tinha comentado "Muito bom passar a tarde com você @Seunome_Sheeran".

 Quem era esse garoto?

Zayn: Marcando encontros, Tomlinson? - riu.
Eu: Se liga, Zayn. Eu já tenho planos para hoje.

 E pelo jeito, Seunome também - pensei comigo mesmo. Ciúmes? Claro.

~Seunome Pov~

 Eu, Henrique e Adam passamos a tarde conversando. Sim, os dois até que se deram bem. Antes de ir, eu e Rick trocamos face, twitter, insta etc... Para mantermos contato.

 Tinha acabado de sair do banho. Olhei no meu celular e tinha uma mensagem de Sam:

"AMIGAAAAA! EU ESTAVA CONVERSANDO COM O ADAM!"

"Jura? o.O Como?"

"Por mensagem. Conversamos por horas"

"Então quer dizer que era com você que ele estava conversando? E você não me mandou nenhuma mensagem? #Chateada"

"Ai, desculpa, amiga. Fiquei muito empolgada rsrs"

"Ahhhh então é por isso que ele estava mexendo no meu celular de manhã? Para pegar seu número? Vou bater nele"

"Não, tadinho rsrs"

"Tadinho nada u.u Ele vai ver e você também"

"KKkkkk' ai meu Deus!"

Adam: SEUNOME! EU QUERO ENTRAR! - gritou batendo na porta.
Eu: ESPERA, QUE EU SÓ VOU PEGAR MINHA ROUPA E ENTRAR NO BANHEIRO.
Adam: AINDA BEM QUE EU NÃO DIVIDO O QUARTO COM VOCÊ LÁ EM CASA. PELO AMOR DE DEUS!
Eu: CALA A BOCA. VOCÊ QUE NÃO SABE ESPERAR!

 Esse menino me irrita. Nunca tem paciência para esperar. Eu nem demoro tanto. Peguei minha roupa na mala e entrei no banheiro, ainda respondendo as mensagens de Sam.

 Terminei de me trocar, e eu sai com meu pai, Adam e Karina. Fomos para a Time Square. Lá tinha uma casa de shows, onde uma banda da região tocava. Meu pai conseguiu comprar uns ingressos e entramos.

 A casa estava cheia. Meus pais sentaram numa mesa junto com Adam. Eu fui mais perto do palco, para poder ver.

xX: Oi - uma menina se aproximou.
Eu: Oi - sorri de canto.
xX: Conhece essa banda?
Eu: Não - ri. - E você?
xX: Também não - riu. - Pelo menos eles tem um som bom.
Eu: Verdade!
xX: Você não é aqui, né? Tem um sotaque diferente  - percebi que estava falando com sotaque britânico, que fala um pouco mais rápido. É o costume de morar em Londres.
Eu: Ahh, é que eu vim da Inglaterra. E sou brasileira, acho que muda um pouco.
xX: Por isso á tão bonita - eu ri. - Sou Emilly.
Eu: Meu nome é Seunome - apertamos as mãos.

 Ficamos conversando. Do nada as luzes se apagam e ouve um barulho de guitarra agoniante.

 As luzes voltaram. As pessoas estavam agitas com o ocorrido. Eu e Emilly nos olhamos. Ambas estavam com os ouvidos tapados e com expressão de susto. Começamos a rir.

Eu: Eu não fiquei com medo.
Emilly: Nem eu - rimos.

 Um cara subiu no palco e avisou que só havia tido um apagão na casa, nada preocupante, e o barulho da guitarra era porque o guitarrista de assustou e se desequilibrou, caindo do palco junto com a guitarra.

 A noite se seguiu. Depois voltamos para o hotel. Adam se gabava que ficou com duas meninas. Dei um tapa nele. Troca mensagens com a Sam e faz isso?! Ok, eles não são namorados, mas isso também não é justo, né?

~Uma semana depois~

~Louis Pov~

 Hoje a Seunome está voltando de Nova Iorque. Decido que iria falar com ela. Talvez ela ache que é uma brincadeira, comece a rir ou me bata. Aliás, nunca fui muito sério com ela.

 Mas essa semana foi ótima. Eu até fiquei com uma menina, mas eu não estava no meu natural, foi na balada que eu e os meninos fomos. No dia seguinte que eu fiquei sabendo, eles riam enquanto me contavam da minha bebedeira. Eles não perdoam, podem apostar.

 Mas fora isso, tudo estava bem. O que faltava era eu saber como vou me declarar para Seunome. Não dá para chegar e dizer "Eu te amo, não me odeie". Vou me atrapalhar todo, com certeza.

~Sam Pov~

 Essa semana foi meio maluca. Ok, não tanto, foi normal. Se não fosse por eu ter conversado muito com o Adam e pelo dia que eu fui na festa do Niall, na cobertura que ele, Seunome e Adam moravam.

~Flash Back On~

 Hoje Niall disse que daria uma festa. Me arrumei e fui para cobertura. Quando cheguei, a festa já estava cheia. Fui me espremendo entre as pessoas até chegar na varanda. Me escorei no parapeito, admirando a paisagem.

xX: Que bom que você veio - olhei para trás e Niall sorria, segurando um copo.
Eu: Oi - sorri de canto. - Claro que eu vinha.
Niall: Ahhhh bom. Pensei que você gostaria mais de vir se a Seunome estivesse aqui. Sabe? Vocês são aqueles tipos que não saem pegando todos, e gostaram de ficar batendo papo fora, bebendo, se divertindo as custas dos bêbados... - riu.
Eu: Ah, claro. Isso ia ser demais! - rimos.
Niall: Trouxe isso para você. Quase que eu esqueci - me entregou o copo.
Eu: Obrigada.
Niall: Se divirta. Fica parada não - riu. Me deu um beijo na bochecha e foi para dentro.

 Dei um sorriso. Niall foi como um melhor amigo essa semana. Nós já tínhamos um convívio, mas ele sempre foi mais próximo da Seunome, sabem? E de todos, eu tinha uma relação mais próxima com o Harry.

[...]

 As horas foram passando. Já estava de madrugada. Eu conversava com alguns conhecidos e amigos também. Os meninos já estavam bem animadinhos, não estavam naquela coisa de imaginar um unicórnio andando pela sala.

 E nesses meninos, eu me refiro à Harry, Niall, Zayn, Louis e Liam. SIM! Liam tinha bebido algumas, mas estava mais sóbrio que os outros. Ele não se tornou tão rebelde assim rsrs. Ele e a Seunome são donos de uma responsabilidade que só eles dois tem! Haha'

 Bom, as pessoas começaram a ir embora. Os meninos iriam dormir aqui, eles preferiram dormir na sala, e como não estavam em bom "estado", decidi ajuda-los. Fui no quarto da Seunome e peguei algumas coisas.

Liam: Eu vou dormir aqui - ele pegou um travesseiro e pulou deitado no sofá, feito uma criança.
Niall: E eu vou durmir no outro - se deitou no outro sofá. Eles falavam um pouco embolados.
Harry: Nós somos os mais sufridos, vamos ter que durmir no chão - pegou um travesseiro e deitou no colchão.
Louis: Eu vô dumi nu meiu porque todo mundo me ama.
Zayn: Sônha, amigo. A Seu... - Louis tapou a boca dele.
Niall: Zéin, você é muíto idiota.
Harry: E eu queru uma cuberta só pra mim.
Eu: Nossa, mas que menino mimado - ri.
Niall: Tem no meú quartu.
Eu: Eu vou pegar - me levantei. Entrei no quarto de Niall e fui até seu guarda-roupa pegar uma coberta. A porta é aberta e ele entra. - O que foi?
Niall: Decidi tomar um banhu. Minha cabeça doí um pouco e um banhu vai me ajudar - ele entrou no banheiro, cambaleando.

 Estava saindo do quarto, quando ouço um barulho no banheiro. Vou até a porta do mesmo e dou três batidas.

Eu: Niall? Está tudo bem? - ele não respondeu, mas pude ouvir um murmúrio. Fiquei naquela de entrar ou não. Então tapei os olhos e entrei. - Niall?
Niall: Ainda estou de ropa - tirei a mão devagar e o vi caído no chão.
Eu: O quê aconteceu?
Niall: Eu troquei a chavi pro friu, mas mudei de ideia e escurreguei - ele tentou se levantar, mas não conseguiu e caiu novamente, batendo suas costadas na parede e gruindo.
Eu: Deixa eu te ajudar - fui até ele.
Niall: Nossa... Você nunca chego tãum perto assim de mim - ele deu um pequeno impulso, tirando o pequeno espaço entre nossos rostos e me beijando.


 Seu beijo era bom e tinha gosto de álcool. Não sei se devia estar fazendo isso, eu gosto de outro cara, que mora na mesma casa que ele inclusive.

Niall: Oh, mi desculpe. Você gosta du Adam - se afastou.

 É, Niall sabia sobre "mim e Adam". Seunome contou, ela disse que não foi por maldade. Ele disse que tinha percebido e sempre que Seunome dava um jeito de deixar eu e Adam sozinhos, ele também inventava algo pra não atrapalhar.

Eu: Não precisa se desculpar. Vou deixar você tomar seu banho - me levantei. - Só toma cuidado para não cair de novo - rimos e eu sai.

 Pois é. Espero que não fique um clima estranho entre a gente.

~Flash Back Off~

~Seunome Pov~

 Ai, ai. Lar doce lar...

 Eu amo New York e viajar, mas nada se compara a nossa casa, não é? Ontem eu cheguei exausta e só queria dormir, e foi o que eu fiz.

 Na manhã seguinte, fui acordada com o barulho da campainha. Me levantei sonolenta, atendi a porta e não era ninguém. Que estranho... Então fui no banheiro e fiz minha higiene matinal. Ajeitei o cabelo, nem tirei o pijama e fui tomar café da manhã.

 De novo a campainha começou a tocar. O que é isso? Entrei em um filme de terror agora? Fui até o quarto de Adam e bati na porta.

Eu: Adam, você está esperando alguém ou é uma idiotice sua? - nada dele responder.

 Deduzi que ele não estava, porque se não já teria saído, reclamando de como eu sou chata.

 Nem fui até o quarto de Niall, pois o mesmo não estava. Ontem ele viajou para Irlanda. Terminou o intercambio na semana passada e decidiu matar a saudade da família. Mas disse que ia voltar e morar aqui em Londres. O que me deixou feliz, aliás, me apeguei muito a ele.

 Fui até a porta e abri. Louis estava parado, encostado na porta do elevador.

Eu: Louis? - perguntei franzindo as sobrancelhas.


Louis: Oi - sorriu.
Eu: É... O Niall não está aqui...
Louis: Eu sei - me interrompeu. - Mas posso entrar? - sim, isso é estranho, mas dei passagem para ele entrar. - Acordou agora, pelo visto.
Eu: Sim... - disse receosa. - Estava indo tomar café. Bom, é melhor eu ir trocar de roupa - me virei.
Louis: Não precisa - segurou no meu braço. Me arrepiei. - Eu gosto do seu pijama.
Eu: Oh, Louis... - ia dizendo.

 Isso não era muito normal. 2 segundos no mesmo lugar e nós já estávamos de picuinha. E dele se pode esperar qualquer coisa para me irritar. Mas dessa vez, eu fui surpreendida.

 Ele foi chegando mais perto. Nossas respirações já se misturavam. Louis colou nossos lábios com uma certa delicadeza. Pediu passagem, no inicio  eu pensei em recusar, mas seu cheiro meio doce me embriagava.

 Cedi. Nossas línguas pareciam dançar em perfeita sincronia. Depois começaram a travar uma batalha, com ele explorando cada canto da minha boca.

 Não sei o que dizer, mas estava torcendo para o Adam não atrapalhar dessa vez. Torcendo para ninguém atrapalhar.


CONTINUA...


::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Hellouuuuis girls
Estão bem? Eu estou, thank you :)
É agora que o Brasil, ou melhor, a Inglaterra vai para a frente ksckscksc 
Seunome e Louis, shippam? Eu super!
Até o próximo.
Bjão



E bônus sedução para vocês.





8 comentários:

  1. AAHHH PERFEITO!!!! A-M-E-I!!! FINALMENTE!!! Você PRECISA continua!!! *w* Por favor!!! *u*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Finalmente! Haha' Também gostei do capítulos, Seunome e Louis são meus amores :3

      Excluir
  2. pode continuar, comecei ler antes de ontem eu to amando. Vicia sabia ? Não ? Pois saiba que vicia pra caralho. To lendo tanto imagine que minha cabeça só gira, gira, gira e gira. Pode posta logo, to vindo todo dia ver se vc postou . Posta logo PLEASE!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OMG! Gosto muito dessa fic, mas não sabia que viciava kscksc' Que bom que esteja gostando e bem vinda :3

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. O 15 n esta abrindo,eu preciso mt continuar a ler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade tem varios cap q n estao abrindo,sera q tem como vcs arrumarem ja li pela segunda vez essa fic msm sem alguns cap e estou apaixonada por esa fic ...

      Excluir
    2. Na verdade tem varios cap q n estao abrindo,sera q tem como vcs arrumarem ja li pela segunda vez essa fic msm sem alguns cap e estou apaixonada por esa fic ...

      Excluir