Criminal - Capítulo 9

sábado, abril 11, 2015 | | |
 9.


“Se amar alguém deixe-o ir, se não voltar, cace-o e mate-o.”  

- Leonard Lake



NARRADORA



 O caso de Rebecca Middle ia de mal para pior, simplesmente não existiam provas e nenhum de seus vizinhos haviam notado algo de estranho na noite do crime. Era sempre a mesma descrição: alto, magro e cabelos pretos. Ninguém nunca o viu, nem nunca escutaram sua voz. Jace estava preparando o caso para ser arquivado e dado como arrombamento seguido por assassinato. Isso não podia acabar assim. Esse homem, seja lá quem ele seja, havia matado uma mulher e uma criança inocentes. Seunome não podia permitir que esse mostro ficasse impune.

 Seu pincel trilhou o último caminho para o acabamento de uma linda pintura não tão perfeita para a garota de orbes brilhantes que suspirou exausta. Seus olhos estavam pesados e sua garganta seca, seus pequeninos dedos doloridos e suas bonitas pernas pareciam cimento de tão pesadas. Seunome anda trabalhado mais que o normal e precisa urgentemente de um descanso. Fechou com cuidado a porta do quarto logo atrás de si mesma e caminhou em passos silenciosos até o banheiro. Tomou um banho calmo e relaxante ignorando o barulho da chuva que só estragara seu domingo. Depois de seu banho, vestiu-se com a primeira camisola que encontrara e deitou em sua cama de solteiro encarando o teto e dormindo logo em seguida.

 Continuou sua caminhada, por vezes tropeçando em alguns galhos secos que jaziam no terreno íngreme e instável. Sons irreconhecíveis por si banhavam o local, e Seunome assustadoramente supôs serem alguns animais. Estranhou ao sentir seus pés tocarem uma superfície lisa e livre de qualquer relevo. Andou mais alguns passos e viu o cenário mudar drasticamente de uma assustadora floresta, para uma... delegacia? Seunome franziu o cenho ao notar que estava na delegacia de Newton, há alguns passos da sala de interrogatório. Seguiu até a sala, adentrando em seguida. Ao abrir a portar, seus olhos arregalaram-se e sua expressão foi a perfeita imagem do pânico. Alexia jazia imóvel, deitada na mesa, nua, enquanto Zayn Malik mantinha um sorriso sádico na face, e brincava com a pequena adaga que tinha em mãos. Zayn lançou um olhar vívido a Seunome antes de enterrar a adaga no peito de Alexia, que gritou ruidosamente. 

 Seunome abriu os olhos horrorizada. O suor molhava todo o seu corpo, e demorou alguns segundos para notar que aquilo havia sido apenas um pesadelo. Ainda estava ofegante com a imagem perturbadora na qual presenciara. A face de Malik tinha a expressão mais doentia que jamais imaginara, embora aquilo fosse terrivelmente excitante.

 A melodia animada e obscura de Tiptoe Through The Tulips soava sobre o cômodo escuro enquanto Zayn Malik encarava sua vitima chorosa e aterrorizada. A menina de cabelos cacheados reprime alguns gritos de medo enquanto o homem passeia com sua faca sobre a barriga da mais jovem e sorri acompanhando a música. Pela décima vez tenta se soltar das correntes de aço que a prendiam e geme em frustração. 

- By the garden of the willow tree... - ele imita o grave perfeito por Tiny Tim ainda com o sorriso macabro estampado em seu rosto. - And tiptoe through the tulips with me...  Knee deep in flowers we'll stray... - a cada palavra dita por Malik os pelos da menina irisavam-se e a faca do rapaz ficava ainda mais incomodadora.

- Por favor não me mate! - a garota implora ainda chorando. - Eu faço o que o senhor quiser. Não quero morrer agora, e não assim! 

- Cante! - ele ordena acariciando as bochechas úmidas da jovem que agora tremia. - Eu mandei cantar! 

- We'll... k..eep the ...showers away - a menina emite pausadamente. 

- Sei que pode fazer melhor que isto, vamos! 

- And if I kiss you in the garden, in the moonlight... - a voz da menina agora soara um pouco mais firme mais ainda sim medrosa e hesitante. - Will you pardon... me?

- Você tem uma linda voz... - o homem sussurrou beijando a clavícula da garota. 

''And tiptoe through the tulips with me...'' As últimas palavras que a garota falara antes de sentir o objeto pontiagudo dentro de sua boca. Sua visão cada vez mais negra enquanto sentia seu coração parar de bater. Permitiu-se levantar seu corpo um pouco, arrependendo-se logo depois, aquilo só servia para que sua morte fosse mais rápida e dolorosa.  

- Lembre-se - ele sussurrou sorrindo ladino. - Quando a música acaba, nós morremos! 

O homem levantou-se, pegando sua faca logo depois e limpando-a em sua roupa preta. Sentiu o gosto metálico do sangue em seus lábios e lentamente subiu as escadas feitas de madeira velha que rangia a cada passo. O sótão de Zayn era sujo e mal- cheiroso, teias de aranhas e bugigangas aleatórias. Seguiu para sua cozinha e pousou sua faca ainda coberta de sangue no balcão e serviu-se de um copo de água. Retirou suas roupas e as colocou em um saco de lixo preto. Voltou para o porão que agora cheirava ainda pior e colocou suas luvas suspirando imaginando o trabalho que teria. 

 Cortou os membros da garota e os colocou em um saco plástico. A cabeça e os olhos verdes da garota entrariam para sua coleção então separou os mesmo e juntou todos os órgãos da jovem em bolsas separadas junto com partes do tórax.  Bufou quando percebeu que 4 horas haviam se passado e subiu até sua sala de estar, caminhando até a lareira e jogando todos os sacos com partes do corpo da menina ali. Caso você ainda não tenha percebido, Zayn  nunca fora discreto. Voltou para a cozinha e abriu seu freezer, colocando a cabeça da menina dentro do mesmo e também os olhos verdes e assustados. Encarou a cabeça da jovem Christine que cada vez parecia ainda mais feia e desgasta. Percebeu que logo teria que arrumar outra e pensou, por que não a de Seunome? ''Se é tão bela viva, deve ser mais bonita ainda morta.'' Pensou o homem malévolo.

 Malik novamente desceu até seu porão e despejou uma grande quantidade de produtos de limpeza sobre o chão e esfregou o mesmo até não existisse mais manchas no carpete. Lavou as mãos com água, sabão, álcool e álcool gel certificando-se de que a mesma estava limpa e depois de seu banho vestiu-se com roupas sociais seguindo para seu trabalho.  




Continua...

Hi! Eu amei muito esse escrever essa capítulo, por que eu adoro escrever as partes que o Zayn mata, é uma adrenalina louca e você se sente tipo Thomas Harris. No próximo capítulo (alerta spoiler) reaparecera o Aaron, lembra dele? Então... Estou sempre me desculpando pelas minhas demoras e vocês já devem esde saco cheiro então nem vou tocar no assunto. Comentem e eu prometo responder todos os comentários!
 

11 comentários:

  1. Cuidado, Seunome, seus piores pesadelos podem se tornar realidade muahahaha' ~Okay, parei, vamos deixar a parte maligna para o Malik~ Mais uma perfeição de capítulo. Amo o jeito que você escreve, Liz! Fixa as pessoas e encanta (ou no caso dos pensamentos de Zain, deixa com medo. Brincadeira kkkkkkk'). Malikisses <33

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito obrigada thami minha linda, beijos ❤

      Excluir
  2. Oh lorde...como sempre essa fic me impressiona,eu fiquei muito ansiosa pra saber o que ia acontecer e fiquei de cara eu amo essa fic por que ela e espetacular.
    E concordo com a Thamires Irineu,cuidado seunome...kk
    Xx:Ana❤ bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ana, amorzinho <3 muito obrigada mesmo minha fofa... #cuidadoseunome ❤

      Excluir
  3. Saudades Criminal ❤❤❤❤ Essa Seunome, sempre sonhando com o Malik e o Zayn que malévolo ele gente kkkkkkkk o que que é isso gente? Continua Liz eu amo essa fanfic <33

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. seunome parece ingênua mais tem umas horas que ela é bem espertinha... e o malik, oq falar dele, né?kkkkk beijinhos amorzinho <3

      Excluir
  4. Meu jesuizinho...
    Ela achou a cena do sonho dela, Excitante ? tá, nê quem sou eu pra negar q não é...
    Adoro as partes que vc escreve ele matando alguém... são tão reais q ate me arrepio toda
    Depois q você colocou aquela música do John Mayer, não consigo para de ouvi ela
    Tão perfeita com essa fanfic q me deixa louca por mais <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito obrigada abby, john mayer is per-fect! <3 beijinhos amorzinho

      Excluir
  5. oh god...Tá perfeito e assustador....to esperando que ele se apaixone por ela e se arrependa do que fez ou seilá...so quero final feliz pra seunome.....bjsss....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quem sabe, né? kkkkk tudo pode acontecer em criminal <3 beijinhos amorzinho e muito obrigada <3

      Excluir
  6. Oi eu queria sabeer quando sai o próximo capítulo de Criminal??
    Responde linda

    ResponderExcluir